MADRIGALI GUERRIERI ET AMOROSI: O LIVRO OXÍMORO DE CLAUDIO MONTEVERDI

Maya Suemi Lemos

Resumo


A coletânea musical Madrigali Guerrieri et Amorosi, obra de maturidade do mais influentee revolucionário compositor do seicento, Claudio Monteverdi, se configura como materialização musical de uma poética dos contrários emblemática da estética literária maneirista e barroca. Indícios presentes na coletânea nos permitem identificar alguns dos principais marcos da genealogia desta poética dos contrários, assim como avançar hipóteses quanto ao sentido desta coletânea dentro da extensa obra musical de Monteverdi.

 

Madrigali guerrieri et Amorosi: Claudio Monteverdi’s oximoral book

The musical collection known as Madrigali Guerrieri et Amorosi, a mature work of Claudio Monteverdi, the most influential and revolutionary composer of the seicento, represents a musical realization of a poetics of opposites which is emblematic of the Baroque and mannerist literary aesthetics. Indications present in the collection allow us to identify some of the principal landmarks of the genealogyof this poetics of opposites, as well as to present hypotheses about the meaning of this collection within the context of the extensive musical oeuvre of Monteverdi.

 

mayasuemi@gmail.com

Maya Suemi Lemos é mestre e doutora em História da Música e Musicologia pela Université de Paris IV – Sorbonne, professora adjunta da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ e ocupa cargo de Especialista em Assuntos Culturais na Fundação Nacional de Artes – FUNARTE. Desenvolve suas pesquisas nos campo da Música, Arte e Poética na era moderna.


Palavras-chave


Música; poética; contrários

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.